pandemia, lockdown, isolamento, álcool gel, desinfetante…

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

máscaras

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

teletrabalho, home office, zoom, lives, stories, EAD, cursos online.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

de uma hora pra outra o mundo que conhecíamos virou pó, as relações entre as pessoas foram profundamente alteradas. saímos na rua (quando saímos) e não vemos mais sorrisos, bocas, lábios ou narinas. 

viramos ninjas ineptos lutando contra um inimigo invisível.

entramos em casa e aí sim podemos ver queixos, bocas e narizes mas só em pixels, pelas telas das lives e videochamadas. 

somente assim ficamos de boca pra fora e esse projeto é justamente para mostrar o incômodo dessa parte do nosso rosto que ficou faltando.

o projeto consiste de uma série de mosaicos com capturas de tela somente do nariz, boca e queixo das mais diversas pessoas em lives e chamadas de vídeo dos últimos meses, mostrando justamente a parte que fica escondida pela máscara. a escolha pelo mosaico se relaciona com a estética da vídeochamada, que aparentemente veio para ficar, assim como as máscaras e tantos outros novos hábitos desse novo esquisito, que é tudo, menos normal. 

exposições e publicações

“de boca pra fora” foi um dos projetos escolhidos para integrar a exposição coletiva “Olhe para trás…” no Maré Foto Festival, 2021.

Menu
× me chama no whats!